Testamos uma TOMADA DUPLA MONOBLOCO que não precisa de jumper ⚡

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://ift.tt/fSRy7QG
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/XTakU4c
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Testamos uma TOMADA DUPLA MONOBLOCO que não precisa de jumper

Recentemente fizemos um teste onde mostramos o que acontece quando ligamos tomadas duplas fazendo os “jumpers” nos módulos e o que acontece quando usamos conectores para fazer a derivação dos cabos entre os módulos.

Prova disso é que para o vídeo de hoje resolvemos fazer outro teste em tomadas, só que desta vez utilizando as tomadas do tipo monobloco. Você já usou dessa tomada? Tem dela dupla e também tripla, será que as barrinhas de cobre dentro dela, suportam a passagem de corrente elétrica sem aquecer além do normal?

O que você acha que irá acontecer neste teste?

Turma, a ideia de fazer este teste veio após lermos os comentários do vídeo sobre a ligação das tomadas duplas. Vários inscritos deram suas opiniões, mas 1 opinião em particular nos chamou a atenção: “Está na hora de se atualizar!! O melhor é usar o sistema monobloco”.

Bom, em partes ele tá certo!

Uma tomada com este tipo de sistema monobloco é melhor no quesito tempo de instalação. Esse modelo que temos aqui por exemplo é do tipo tomada dupla e conectamos apenas os três cabos de fase, neutro e terra, e pronto, energiza os dois módulos

Inclusive temos um vídeo que fizemos aqui no canal há uns 2 anos atrás em que comparamos o tempo de instalação de uma tomada dupla comum e uma tomada com sistema monobloco, logicamente a monobloco e com a alavancas ainda que é o modelo que usamos ganhou de lavada .

As tomadas monobloco da Schneider eu já conheço a mais tempo, e o custo dela é bem mais alto, por ser uma linha bem mais requintada também.
Só que no mercado tem modelos mais em conta de tomadas monobloco, inclusive este inscrito enviou alguns modelos de tomadas que ele indica.

Para que o nosso teste seja o mais fiel possível à indicação do nosso inscrito, compramos esta tomada dupla, da marca ILUMI, modelo STILUS, com sistema monobloco.
Mas antes de partir para o teste, vamos abri-la e ver como é feita a interligação das tomadas. Para isso vamos utilizar uma chave de fenda fina.

Vejam só, meus queridos, temos aqui 3 barramentos que, conforme o site do fabricante, são fabricados em latão.

Visualmente parecem ser bem robustos, com medidas de 61,0 mm de comprimento, 4,3 mm de largura e 0,7 mm de espessura.
Notamos também que o acabamento é bem feito e parece atender às normas de fabricação de tomadas. Mas este não é o intuito deste vídeo. O intuito do vídeo é demonstrar o comportamento deste tipo de tomada durante o uso.

E para isso faremos o mesmo teste que fizemos anteriormente, seguindo 3 passos simples.

Passo 1 – Faremos a ligação da tomada da melhor forma possível.
Passo 2 – Ligaremos a tomada na nossa MDC para simular a circulação de corrente.
Passo 3 – Usaremos a nossa câmera térmica para medir o aquecimento dos terminais.

Partiu teste então?

Esta é nossa montagem turma.
Podemos perceber pela visão térmica que tanto os barramentos internos da tomadas quanto os cabos se aquecem por igual, mantendo uma temperatura, em torno de 35 graus. E percebemos apenas 1 ponto um pouco mais quente, nos contatos do primeiro módulo. Achei isso um pouco estranho, já que os terminais da tomada estavam embaixo, mas mesmo assim, nada que desmereça a qualidade do produto. Até porque, colocamos uma corrente bem maior do que o recomendado como vocês puderam ver, quase 50 amperes, justamente para que pudéssemos observar como é distribuído esse aquecimento em um tempo menor do que o normal, tanto nos bornes de conexão, quanto nos barramentos.
Sendo assim, meus queridos, mais uma vez, com a ajuda de nossa câmera térmica e da nossa MDC, conseguimos chegar a uma conclusão.

Tá visto que a ideia do sistema monobloco é bem interessante, pois, além de ser segura, vamos economizar bastante tempo na obra, menos terminais, menos parafusos para apertar e por aí vai.

Como eu disse no início do vídeo, a intenção aqui é apenas avaliar o comportamento deste tipo de tomada durante o uso, a gente queria tirar a dúvida se essas tomadas atendem a necessidade ou não, e tá visto que atende e muito bem ainda por cima, então vamos pensar com carinho nessa linha para as próximas obras, como disse nosso seguidor, vamos nos atualizar.

Mas quero saber de você também, o que você acha das tomadas monobloco, você usaria nas suas obras? Se sim, Diga, sim André eu usaria ou já uso nas minhas obras, se Não diga o porque também, quero ouvir mais opiniões aqui combinado?