Como descobrir se o DR atuou por FUGA DE CORRENTE, CURTO ou SOBRECARGA ⚡

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://ift.tt/ZEK85VU
——
✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/hLWs85M
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

Como descobrir se o DR atuou por FUGA DE CORRENTE, CURTO ou SOBRECARGA

Fala meu querido! Sejam todos muito bem vindos a mais um SUPER FÁCIL aqui da Engehall.

Então turma, como saber se o DR do seu cliente atuou por fuga de corrente, curto ou sobrecarga?

O DDR atua tanto em caso de uma fuga de corrente na instalação, como também irá atuar em casos de sobrecarga e curto circuitos. Só que a gente sabe que o DDR é meio raro, e dificilmente você vai se deparar com um instalado, mas os procedimentos que vou mostrar funcionam da mesma forma pra entender o Defeito

E é aí que está, meu querido. Como temos todas estas proteções em um mesmo componente, como saber então se o DR do seu cliente atuou por fuga de corrente, curto ou sobrecarga?

Para resolver isso, mais uma vez resolvi trazer pra vocês nosso procedimento personalizado conhecido como ATR, que é Analisar, Testar e Resolver.
E regra importante: Antes de começar a fazer qualquer teste, desconecte todos equipamentos das tomadas, deixe apenas a iluminação conectada.
Feito isso, agora sim, basta seguir esse passo a passo:

PASSO 1: No quadro de distribuição, observe se tem algum disjuntor desligado junto com o DR
Opção A: Se houver algum disjuntor desligado, é porque provavelmente houve uma sobrecarga ou curto naquele circuito ali, dificilmente foi uma fuga, porque fuga não atua disjuntor.
Opção B: Se os disjuntores estiverem tudo ok, desligue todos eles e vai pro próximo passo;

PASSO 2: Religue o DR. Em seguida vá religando um a um cada disjuntor.
Opção A: Se após religar algum disjuntor o DR atuar, o problema tende a ser uma fuga de corrente naquele circuito ali, pois se fosse um curto o disjuntor daria um pequeno estouro e não ficaria ligado.
Opção B: Se após religar todos os disjuntores o DR não desarmar, isso indica que não tem fuga de corrente na instalação, então vá para o próximo passo.

PASSO 3: Conecte novamente os equipamentos nas tomadas e os ligue.
Opção A: Se o DR novamente não desarmar, podemos descartar a fuga de corrente ou curto na instalação. O que pode ter acontecido foi apenas uma sobrecarga por mal uso. Neste caso então meu querido é muito importante você informar ao seu cliente sobre os riscos de se ligar vários equipamentos elétricos ao mesmo tempo, principalmente os resistivos, como chuveiro, ferro de passar e nossa querida airfryer.

Vou te falar, viu, com uma técnica dessas, só não descobre o motivo do DR ter desarmado quem não quer, mas calma que não terminamos por aqui, tem três detalhes importantes ainda:

1 – Quem apareceu com essa ideia aqui na empresa e acabou gerando mais essa super aula foi o André Moraes, engenheiro eletricista que trabalha conosco no suporte técnico do curso de eletricista, o apelido dele aqui dentro é André Genérico, não fui eu quem deu esse apelido, mas quero te agradecer publicamente por ter dado essa ideia meu irmão e por fazer parte do nosso time, obrigado mesmo, comenta aí se o genérico mandou bem ou não com mais essa dica e comenta ai se você já pegou problemas desse tipo pra resolver.

2 – Aproveita que tá aqui, e já dá aquela moral para um amigo, para um primo, para o seu pai… ou até mesmo para o zé faísca, vamos ensiná-los a pegar problemas na instalação gente, basta você compartilhar esse vídeo aqui com a turma dos grupos que eu tô ligado que você participa.

3 – Logo abaixo tem o link que te leva aula gratuita minha onde eu irei te ensinar a se tornar um eletricista profissional, mais seguro e confiante para resolver qualquer problema.
Cara, aula gratuita que torna o eletricista muito mais confiante e seguro para resolver qualquer problema é um trem bom demais da conta, né não?!