7️⃣ COISAS que VOCÊ TALVEZ não SAIBA sobre DIMENSIONAMENTO ELÉTRICO ⚡

Grupo VIP para o Curso de Projetos 👉 https://ift.tt/3tZTTO7

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://ift.tt/33XF1Fp
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/2MyzEU5
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto
➽ https://ift.tt/3uXOuZj
——
Fala meus queridos, tudo massa?

Como vimos no vídeo anterior, dimensionar cabos para um chuveiro elétrico corretamente pode não ser tão fácil assim, mas com o passo a passo certo, as coisas saem direitinho, não é mesmo?

No primeiro vídeo da semana aprendemos sobre alguns métodos de correção na hora de dimensionar, são eles:
Fator de correção de temperatura
Fator de correção por agrupamento de circuitos e…
Taxa de ocupação de eletroduto

Mas uma coisa é certa, esses fatores não são apenas métodos de correção que utilizaremos apenas para o circuito do chuveiro, são “fatores” que devemos ter em mente para TODOS os circuitos, desde a simples iluminação, passando pelas tomadas de uso geral e chegando nas tomadas de uso específico….

Porém, existem mais alguns “detalhes” que devemos levar em consideração na hora de dimensionar um projeto, por isso no vídeo de hoje, vou mostrar 07 coisas que você talvez não saiba na hora de dimensionar os circuitos de uma residência, bora pra aula!

VINHETA SEMANA DO DIMENSIONAMENTO – oferecimento SUPER PRO ATACADO

Então turma, como já vimos, a NBR 5410 recomenda uma seção mínima para cabos elétricos, sendo 1,5mm² para circuitos de iluminação e 2,5mm² para os circuitos de tomada e de força.

Mas aí vem a PRIMEIRA COISA que você talvez não saiba sobre dimensionamento:
Qual a quantidade de lâmpadas que eu posso agrupar em um mesmo circuito?
A norma não estipula um valor exato de pontos de iluminação agrupados em um mesmo circuito, mas ela fala no item 9.5.2.1 sobre a previsão de carga mínima que devemos deixar para iluminação

Supondo que estamos fazendo um projeto residencial é preciso dimensionar a carga de iluminação de uma sala. A norma tem as seguintes orientações:

1 – Adote uma carga mínima de 100VA para cômodos inferiores ou iguais a 6m².
2 – Se o cômodo possuir uma área maior do que 6m², devemos somar 60VA para cada 4m² inteiros a mais que este cômodo tiver.

Então por exemplo:
Uma sala que tem comprimento de 4mx3m de largura, logo sua área total é 12m².
Como a norma manda adotar 100VA para os primeiros 6m² + 60VA para mais cada 4m² inteiros, temos os 12m² = 6m² + 4m² + 2m², que dá 100VA (equivalente aos 6m²) + 60VA (equivalente aos 4m² inteiros) = 160VA de carga total de iluminação nesta sala.
Aí você deve tá se perguntando, Mas André, 160VA é a potência aparente, como saber essa potência em Watts?
Aí vem a SEGUNDA COISA que você talvez não saiba!
Quando estamos dimensionando um projeto do qual não sabemos qual será o tipo de iluminação que o cliente irá instalar, por falta de um projeto luminotécnico ou até mesmo por ele ainda não ter escolhido as luminárias, a gente segue a recomendação da norma e faz uma previsão de carga de iluminação para ele, e claro a diferença no dimensionamento geral de um imóvel pequeno será tão baixa que a norma já joga a potência aparente ou seja a potência prevista com um pouco mais de sobra!

E isso já explica também o fato de poder usar uma lâmpada LED ali e não haver nenhum problema, afinal foi projetado para suportar uma carga de 160VA, quando às vezes você está ligando um LED de apenas 20 ou 30VA, então tá tudo certo!

Agora se você tá elaborando um projeto maior, de uma casa de médio ou alto padrão, ou até mesmo de prédios, recomendo dimensionar a iluminação de uma forma mais adequada, converse com o arquiteto ou engenheiro civil, vá atrás de um projeto luminotécnico caso tenha, e informe no seu projeto a verdadeira carga instalada, dessa forma o seu padrão de entrada não fica superdimensionado tudo bem?

Então respondendo a pergunta sobre a quantidade de lâmpadas que podemos ter agrupadas em um mesmo circuito, como a norma não deixa claro sobre isso, eu considero uma boa prática, ao usar cabos de 1,5mm² para circuitos de iluminação, instalar até 10A em cada circuito desse.

Vale lembrar que o cabo de 1,5mm² irá suportar em média 15A, mas a gente já viu que nem sempre vai ser assim, então na prática se você tem uma casa em que a potência prevista de iluminação somada ultrapassa 1200VA em 127V, ou 2200VA em 220V, já pode ir abrindo novos circuitos, afinal essas potências divididas pelas suas respectivas tensões, dão aproximadamente 10A.