🤔 Como CONTROLAR a VELOCIDADE de MOTORES e ECONOMIZAR ENERGIA

Link da loja – https://ift.tt/3lJGeYk

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://ift.tt/36OKxv2
——
g1?src=yt1-vd719
g2?src=yt1-vd719
g3?src=yt1-vd719
g4?src=yt1-vd719
——

c1?src=yt1-vd719
c2?src=yt1-vd719
c3?src=yt1-vd719
c4?src=yt1-vd719
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://ift.tt/33QdANe
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

👉 Curso NR10 com 20% de desconto
➽ https://ift.tt/32P0AIf
——

O inversor de frequência, é um dispositivo eletrônico cuja principal função é alterar a velocidade de rotação de um motor trifásico, através da mudança do valor da frequência que o inversor envia em seus contatos de saída. E essa alteração de velocidade nos possibilita ECONOMIZAR ENERGIA, isso pra mim que é o mais legal, afinal ao passo que eu consigo controlar o torque e a potência de uma carga, consequentemente economizo energia, considero então o inversor um ajuste fino para partidas de motores.

Uma curiosidade deste equipamento é a entrada dele pode até monofásica ou bifásica, mas a saída será sempre trifásica, ou seja basicamente só iremos usar um camarada desse aqui para controlar motores trifásicos!

Agora a gente sabe também que os motores trifásicos são amplamente utilizados nas indústrias por conta de sua alta eficiência e principalmente por ter melhor custo-benefício. E como a velocidade do motor trifásico está diretamente ligada a frequência devido seu princípio de funcionamento, quando ele está conectado diretamente a rede elétrica, a sua velocidade será constante, já que a frequência da rede também é constante, no nosso caso, 60hz.

Agora, se eu preciso alterar a velocidade deste motor, tanto para mais quanto para menos, vou precisar do inversor de frequência, pois ele basicamente converte uma onda senoidal em uma onda quadrada, através de uma modulação chamada PWM, basicamente ele funciona assim:

Primeiro ele faz a conversão da corrente alternada em corrente contínua, através de uma ponte retificadora. Após passar por esta ponte retificadora, a tensão nas fases será contínua, porém de forma pulsante. Para filtrar este sinal, temos um filtro de capacitores em paralelo e uma indutância em série para que o sinal torna-se contínuo, com uma ondulação mínima. Por fim temos uma ponte inversora composta por transistores que fazem o chaveamento desta tensão contínua em cada uma das fases diversas vezes por segundo até surgir novamente a tensão em corrente alternada, mas desta vez, podendo controlar a sua frequência. Então como aprendemos no início da aula, alterando o valor da frequência, alteramos também a velocidade.

Dessa forma, todo motor acionado por inversor de frequência proporciona a vantagem de ter uma melhor eficiência energética e um melhor desempenho, com isso aumentamos também a vida útil do motor e temos uma redução na manutenção devido a redução do pico de corrente durante a partida do motor.

Vejam a diferença entre a partida direta, na qual temos a velocidade máxima do motor praticamente já na partida, e a partida em rampa, na qual temos a possibilidade de controlar o tempo de acionamento através da frequência, para isso vamos utilizar um dos modelos de inversores fabricados pela Schneider.